Animais de todo o mundo, uni-vos!

Queridos humanos, UHUUU! Finalmente, temos um canal onde vamos poder falar numa linguagem que vocês entendem!

Desde que vocês apareceram aqui na Terra, nossa comunicação tem sido muito dificultada por causa da sua incapacidade de perceber a quantidade de informação que nós tentamos passar para vocês. Aquilo que vocês chamam de latidos, miados, grunhidos, balidos, mugidos, pios e assovios são na verdade linguagens cheias de mensagens sutis, não apenas sonoras, porque nós farejamos, ouvimos e, em alguns casos, vemos melhor que vocês. Como resultado, essa falta de entendimento tem sido tremendamente danosa para nós, tanto é que, em alguns casos, houve consequências trágicas como a extinção de vários representantes nossos!

Vocês, na verdade, devem estar se perguntando: “Como eles estão conseguindo falar com a gente”? A verdade é que, após muita procura, finalmente encontramos alguns humanos que possuem o incrível dom de entender e traduzir o que ‘falamos’. Decidimos, no entanto, manter suas identidades em segredo. Acreditamos que, por serem poucos ainda, precisávamos preservá-los da estranha e invasiva ‘curiosidade’ que vocês possuem.

Certamente iriam fazer deles ‘celebridades’, como é seu costume, iriam chamá-los para entrevistas em meios de comunicação, os exércitos e serviços secretos com certeza se interessariam por eles, seriam criados produtos para ‘pets’ com seus nomes, bonecos com as suas imagens, bolsas de luxo feitas com nossas peles, quem sabe até produziriam um ‘Reality Show’ com eles ou um filme que concorreria ao Oscar! Isso, certamente, acabaria com suas vidas e com a nossa. Entendam, esse grupo possui a nossa índole, eles nos conhecem profundamente, nos entendem totalmente e nós confiamos neles cegamente. Para nós, são únicos, insubstituíveis! Mas temos a esperança de que apareçam outros e este espaço, com certeza, nos ajudará a encontrá-los.

 

NOSSA CAUSA

Queremos usar este jornal para falar de nossa relação com vocês, elogiar e incentivar os que se preocupam conosco, os que nos respeitam e protegem, os que salvam nossas vidas, os que nos devolvem à liberdade ou que nos recolhem e nos adotam. Mas vamos também denunciar os que nos exploram, humilham, maltratam e caçam, reclamar de nossa utilização como cobaias, como ‘atrações’ de algum circo, de nosso aprisionamento em gaiolas, aquários e jaulas, expor as torturas e confinamentos aterrorizantes a que somos submetidos em massa, com a única finalidade de sermos abatidos e transformados em alimento, denunciar a utilização de nossos corpos como amuletos, afrodisíacos ou para sacrifícios religiosos, a lista de ‘maldades’ é grande!

Falando sério, nenhum de nós, e acreditamos que nenhum de vocês, sabe exatamente o que aconteceu, o porquê de vocês terem se tornado tão agressivos, terem se distanciado tanto de nós, afinal vocês também são animais, vocês também têm de lutar para sobreviver, vocês também querem se perpetuar através das novas gerações pois essas são as leis da vida!

 

QUEM SÃO OS SELVAGENS?

Que história maluca é essa de dizer que nós é que somos os ‘selvagens’, os ‘monstros’, os ‘perigosos’, os ‘agressivos’? Já se perguntaram por que vocês tiveram que criar leis, dogmas, regras, religiões e morais? Vocês conseguem imaginar como se comportariam sem elas?

Fica parecendo que vocês ainda não aprenderam o que fazer exatamente com essa ‘overdose de inteligência’ que vocês dizem que têm. Querem alguns exemplos? Vocês são os únicos animais que têm consciência da sua futura e inevitável morte, mas não lidam muito bem com isso, ficam enrolados também com tudo que diz respeito ao ‘hardware’ responsável pela sua reprodução, que vocês apelidaram de ‘sexo’ ou ‘sexualidade’, acham soluções muito estranhas para lidar com o medo do desconhecido, não sabem respeitar suas diferenças, aprenderam a matar por nada, como se a vida fosse algo banal.

Mas sério, não queremos que esse nosso primeiro encontro seja somente um desabafo. É que tinha (e ainda tem) muita coisa ‘entalada’…

Antes de tudo, nós sempre respeitaremos vocês como seres vivos, coabitantes do mesmo espaço que nós, e seria ótimo se vocês também participassem desse nosso movimento, apoiando e/ou denunciando, ok?

Lambidas.

capivaras 2 PT

Deixe uma resposta